Posts tagged coelho

Saúde parte V

Pasteurelose

 

Olá amigos!
Continuamos com os artigos sobre a saúde dos nossos animais, hoje o artigo será direccionado para a pasteurelose, uma doença em que a bactéria, a Pasteurella multocida encontra-se no organismo dos coelhos, tornando-se perigosa nos momentos em que o animal encontra-se com as defesas imunitárias diminuídas.
Os coelhos doentes possuem alguns sintomas, como por exemplo:
– Alterações respiratórias
– Moléstia
– Febre
– Perda de apetite
– Abcessos e infecções do sistema reprodutor (abortos, infecções uterinas, orquites e mamites)
– Nos casos mais graves pode ocorrer septicemia, levando á morte do coelho.
O tratamento deve ser dado pelo seu veterinário, após exames ao coelho, todavia, existe a prevenção, e essa cabe a nós donos executar, como uma boa limpeza ao sítio onde o seu animal vive, o espaço onde ele frequenta deve ser um sítio sempre limpo, de forma a evitar doenças; evitar situações de stress ao coelho, como barulhos muito intensos, pessoas desconhecidas; afastar coelhos suspeitos do seu animal e por último a vacinação.
Espero ter esclarecido um pouco sobre mais uma doença que pode ocorrer nos nossos companheiros, se apresentar alguma dúvida pode colocar no blog, que tentarei responder o mais depressa possível e correctamente.
Obrigada por visitar o nosso blog!

 

Anúncios

Comments (5) »

Saúde parte I

Agora que já falamos sobre a alimentação dos nossos amiguinhos, vamos falar sobre a saúde dos nossos coelhos.
Como sabemos os coelhos possuem uma saúde frágil e por isso necessitam de certos cuidados, como a vacina e a desparasitação.
Os coelhos podem e devem ser vacinados para as duas doenças Mixomatose e Doença Hemorrágica Viral (DHV).
Estas doenças consistem:

Mixomatose: Esta é uma doença viral altamente contagiosa, o vírus e transmitido por coelhos doentes, mosquitos, pulgas, carraças ou piolhos e por objectos como gaiolas, agulhas, comedouros, bebedouros, etc.
Esta doença apresenta maior risco nos meses mais quentes e húmidos como a Primavera, Verão e Outono. A mixomatose pode surgir por duas formas clínicas:

– Forma clássica ou nodular: O coelho após período de incubação apresenta edemas e nódulos na cabeça e na zona do ânus e genital, alastrando-se para todo o corpo, ocorrendo a morte após dez a quinze dias após a infecção.

– Forma atípica ou respiratória: A mixomatose surge associada a sintomas respiratórios e oculares, originando lesões inflamatórias nas pálpebras, conjuntivas, nariz, hemorragias pulmonares e pneumonias bacterianas.

Vacinação: Deve ser dada a partir de um mês de idade com reforços de seis em seis meses.

Leave a comment »

Alimentação parte III

Vegetais

Os vegetais são algo importante na vida do seu animal, estes provêm vitaminas para qual o seu coelho necessita para viver com saúde. Eles podem ser dados a partir das doze semanas de vida, através de uma quantidade mínima e vá aumentando gradualmente de forma a não perturbar o intestino do seu coelhinho, se acontecer diarreia por favor retire o ultimo vegetal.
Os vegetais devem ser muito bem lavados, opte sempre por dar vegetais com as folhas em tons de verde-escuro, como os brócolos, couve-flor, e nunca forneça ao seu amiguinho alface, esta causa diarreia.

Alguns alimentos que pode fornecer ao seu coelhinho

Brócolos (apresentam um teor elevado de cálcio)
Aipo (rico em vitaminas A, B, C, cálcio, magnésio, potássio, fósforo e sódio.
Cenoura (rico em vitamina A)
Couve-flor (rica em cálcio, fósforo e vitamina C)
Pepino (fonte de potássio)•
Salsa (uma erva rica em vitaminas A, B1, B2, C e D)

Os vegetais de tons escuros geralmente não dão problemas, tente evitar os tons claros.

Algumas frutas que pode fornecer ao seu coelhinho

Ameixas (fonte de fibras)
Ananás (rico em fibras, e sais minerais como o fósforo, potássio, ferro, cálcio e magnésio e em vitamina A, B e C, todavia só deve ser dado uma vez por mês e do tamanho de uma unha, para ajudar na eliminação de bolas de pelo).
Banana (deve ser dada com moderação, esta apresenta vitaminas A e C, fibras e potássio)
Maçã (rica em vitaminas B1 e B2 e sais minerais, como o fósforo e o ferro)

Se por qualquer razão o seu coelhinho ficou com diarreia, retire o ultimo fruto ou vegetal que lhe foi dado, como nós seres humanos nem sempre reagimos de igual forma a todos os alimentos, os animais também não e os coelhos não são excepção.

Leave a comment »

Alimentação parte II

Ração

Além do feno, que é a base da alimentação do seu coelho, temos de seguida a ração, visto que esta é altamente calórica, deve ser dada com alguma moderação.
O aconselhado será duas colheres de sopa com ração ao dia, mas cada comida normalmente traz uma dose aconselhada pelo seu frabricante, dado que deverá seguir essas instruções se a sua marca o tiver.
Não ligue se o seu coelho saltar para cima da comida parecendo que não come há anos, aquilo é só gulodice, por isso cuidado quanto mais comida puser ao seu animal, mais ele comerá e isso levará á obesidade, o que é prejudicial a saúde de qualquer animal.

Em qualquer loja de animais, tanto na sua cidade como na internet, poderá encontrar inúmeras marcas de rações para os seus amiguinhos.
Cada uma com o seu preço e a sua qualidade determinará certos aspectos na saúde e vida do seu animal, muitos veterinários afirmam que a melhor ração existente no mercado é a Versele–laga esta possui uma gama completa que acompanha o seu animal desde a infância passando pela adolescência e finalmente chegando a adulto, é de salientar que algumas possuem certos condimentos para aliviar o odor da urina do seu companheiro, que por vezes fica mais forte.
Para ser sincera, não é a comida mais barata existente no mercado, mas se avaliarmos pela sua qualidade compensa. Uma pequena dica, se comprar um pacote de três quilos ou mais provavelmente vai compensar mais que se comprar apenas um.
Em seguida temos algumas marcas como a Vitapol, Vitakraft, Xtravital entre outras que apresentam um preço bastante simpático em relação a preço/qualidade, dependerá de si encontrar a que mais gostar e adequar-se ao seu coelho.
Por fim encontrará na sua loja pequenos sacos com mistura de ração para coelhos anões, que é muito mais barato, mas nem sempre compensa o preço/qualidade da mesma.
Em breve discutiremos qual a ração que usa e porque é que optou por tal.

Comments (1) »

Um coelho como animal de estimação!

Antes de começar este pequeno artigo, espero esclarecer desde já que ter um coelho como animal de estimação não é tarefa fácil, o mesmo irá fazer asneiras como roer coisas que não lhe pertence, fazer necessidades onde não devia, como sofás, camas, etc.
Ele irá precisar de todo o seu amor e cuidado.
Os coelhos são animais, geralmente dóceis e gostam de companhia, para brincar, e receber uns miminhos do seu dono ou dona.
Se quer ser um bom dono, informe-se na internet, com criadores experientes e tente saber tudo o que necessita antes de tomar a sua decisão, cuidado com alguns conselhos que lhe pode ser dados por vendedores nas lojas de animais, eles estão lá para vender, não significa que percebam de animais, claro que existe excepções como tudo.
Saiba já, que os coelhos têm custos, como todos os animais, este montante no inicio será um pouco mais elevado mas depois ira abrandar.
Se já se decidiu e resolveu comprar este amigo, os meus parabéns e muito boa sorte, eles são animais encantadores, tenho a certeza que quando o tiver vai achar o mesmo.

Comments (3) »

Um coelho como animal de estimação! Parte 2

Agora que tomou a sua decisão tome cuidado onde vai comprar o seu animal, visto que nas lojas por vezes eles vêm doentes, ou até com problemas, coisas que com um criador podem ser evitadas, mas como tudo depende da loja e depende do criador.
Antes de prosseguirmos para a lista de coisas que deve ter á espera do seu novo companheiro, um pequeno “Grande” aparte, não deixe o seu coelho sem vigilância ao pé dos fios eléctricos, eles podem ser mortais e nunca pegue o mesmo pelas orelhas, o indicado é pegar pela barriga ou dorso apoiando as patas traseiras na outra mão.

Lista de coisas que irá necessitar:

– Gaiola (quanto maior melhor, visto que o seu coelho irá crescer e ele precisa de espaço para se movimentar, o indicado será vezes o tamanho do coelho)
– Ração
– Feno
– Bebedouro de esfera (não deve ser utilizada uma taça de forma a prevenir fungos)
– Suporte para o feno
– Suporte para a comida
– Pedra de sais
– Pedra de cálcio
– Toca (é necessário o coelho possuir algo para se esconder, caso se sinta ameaçado)
– Material para forrar o fundo da gaiola de forma absorver os xixis, pode optar por vários tipos como o litter, considerado por alguns o melhor, as aparas que são mais baratas e também absorvem, podendo escolher o aroma que prefere, mas com certeza irá encontrar na sua loja de animais o que mais lhe agradar, mas nunca use areia de gato, é extremamente proibido, visto que provocam problemas
respiratórios a longo prazo.

Após todas estas compras base, tenha atenção algumas dicas:
– Tenha o cuidado de colocar a gaiola sobre um tapete, longe de correntes de ar e barulhos.
– Para evitar os maus cheiros deve mudar regularmente o material que usa para forrar a gaiola ou o wc, dependendo do qual utiliza, varia o numero de vezes que tem de limpar, mas geralmente duas a três vezes por semana, (as aparas costumam aguentar um pouco menos).
– Quando o seu coelho habituar-se a fazer as necessidades num só canto da gaiola, poderá colocar nesse sítio um wc próprio para coelhos, o que levará a menos dinheiro gasto em material para forrar a gaiola inteira, e será muito mais fácil limpá-la.

Comments (9) »